Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar de Santa Catarina cumpre seis mandados de busca e apreensão, prende três suspeitos de roubos ocorridos em Tubarão, apreende drogas e recupera objetos roubados. A ação ocorreu na manhã desta sexta-feira (25).

Esta é a segunda fase da ‘Operação Rapina’ de uma série de operações relativas às investigações dos roubos que ocorrem na cidade azul. Na última terça-feira, durante a primeira fase da operação, um dos suspeito foi preso.

A Divisão de Investigação Criminal de Tubarão (DIC/PCSC), com o apoio da Polícia Militar, está investigando roubos e furtos que vem ocorrendo na cidade de Tubarão. Durante as investigações, identificou-se a existência de uma associação criminosa (quadrilha) especializada na prática de roubos em estabelecimentos comerciais.

Instaurou-se um inquérito policial destinado a apurar inúmeros roubos e furtos ocorridos na cidade e, após a coleta de conjunto probatório, o Delegado de Polícia que preside as investigações representou pela prisão preventiva de diversos suspeitos, pela expedição de mandados de busca e apreensão, além de outras medidas de interesse policial, pleitos que foram prontamente deferidos pelo juízo da 2º Vara Criminal desta Comarca.

A operação de hoje contou com a participação de pelo menos 35 policiais civis e militares das delegacias de Capivari de Baixo, Jaguaruna, Sangão, Tubarão, Armazém e do Batalhão de Tubarão. Durante a operação, na casa de um dos alvos os policiais apreenderam produtos roubados, expressiva quantidade de droga e uma balança de precisão.

O suspeito, além do mandado de prisão relativo aos roubos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Após os procedimentos de polícia judiciária, os dois presos homens foram encaminhados ao Presídio Masculino de Tubarão e a mulher encaminhada ao Presídio Feminino de Criciúma, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotis