Três jovens foram encontradas em cárcere privado em Blumenau na tarde desta terça-feira (24). Duas eram apenas adolescentes. Elas foram localizadas na rua Max Link no bairro Vila Itoupava, após as famílias acionarem a Polícia Militar.

As meninas tinham 15, 17 e 23 anos e saíram do município de Palmas, no Paraná, na sexta-feira, dia 20. À família, elas disseram que passariam o fim de semana com uma amiga. Entretanto, pararam de responder após a viagem.

Foi apenas nesta terça que elas conseguiram mandar mensagens para a família e informaram que estavam sendo mantidas em cárcere sob ameaças de morte com uso de arma de fogo. Elas conseguiram dar uma localização aproximada do local.

Quando a Polícia Militar chegou no endereço, por volta das 13h15, encontraram as meninas muito assustadas e chorando. Os autores do crime eram dois homens, de 24 e 38 anos. No local foi encontrado um revólver e drogas.

 

Falsas promessas

De acordo com as vítimas, elas foram trazidas à Blumenau pelos dois com a promessa de receberem dinheiro para se prostituírem. Entretanto, quando chegaram, eles tiraram os celulares dela e mantiveram elas em cárcere.

Durante o período elas foram forçadas a se prostituírem. Elas também relataram que observaram um intenso tráfico de drogas no endereço.

Além da prisão dos dois homens, foram apreendidos um revólver calibre 38 com número de série suprimido, 17 munições intactas, três balanças de precisão, 535 gramas de cocaína, R$ 492, uma máquina de cartão de crédito e seis aparelhos de telefone celular.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de cárcere privado, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, favorecimento da prostituição e exploração de adolescentes.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município