Três homens foram condenados pela Justiça de Braço do Norte pelo furto de doações em uma gruta religiosa no município de Grão-Pará. O crime ocorreu em março de 2012.

Os acusados foram até o local, por volta da 1 hora, e arrombaram a caixa coletora de doações, que é acoplada a um altar de cimento. O trio usou um machado e uma picareta para furtar entre R$ 800 e R$ 1,2 mil.

Os réus foram identificados com o auxílio das imagens de câmeras de segurança. Todos confessaram a participação no crime, mas questionaram o montante do valor furtado.

A sentença foi proferida pela juíza substituta Tiane Lohn Mariot. Os três homens foram condenados por furto qualificado – mediante o rompimento de cadeado e da tampa da caixa de doações e concurso de pessoas – a um ano e quatro meses de reclusão, em regime inicial aberto, além de pagamento de multa.

Cabe recurso da decisão ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

Foto ilustrativa

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul