Rafael Andrade
Tubarão

Dois homicídios no fim da noite de ontem assustaram os moradores de duas comunidades de Tubarão. No primeiro caso, Alexandre Furtado, 35 anos, foi assassinado pelo próprio irmão, de 16. Menos de duas horas depois, Aliffer de Jesus Rodrigues, 15, morreu baleado nas costas.

O primeiro caso ocorreu às 21h40min. Alexandre levou 15 facadas do irmão, após uma discussão familiar, no bairro Monte Castelo. O mais velho tentou fugir até a casa de uma vizinha, foi perseguido pelo adolescente, que iniciou os golpes com uma faca de quase 15 centímetros. Testemunhas acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Alexandre ainda foi socorrido com vida e encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). Porém, minutos depois de dar entrada na emergência, morreu. Ele teve hemorragia e perfuração no pulmão, rim e outros órgãos.
O Pelotão de Policiamento Tático (PPT) da PM encontrou o menor nas proximidades do local do crime e o apreendeu. Ele foi encaminhado à Delegacia da Criança, do Adolescente e de Proteção à Mulher e ao Idoso. Foi ouvido pela delegada e levado ao Centro de Internamento Provisório (CIP).

A noite sangrenta não parou por aí. Às 23h35min, na comunidade do Morro do Bem Bom, na Vila Padre Itamar, Aliffer, de apenas 15 anos, levou um tiro nas costas. A bala perfurou um dos rins do rapaz e provocou hemorragia interna.
Nenhum suspeito foi localizado pela PM até o fechamento desta página, por volta das 0h50min de hoje. A PM passou a madrugada fazendo rondas na região.