Amanda Menger
Tubarão

Uma garota de 18 anos foi presa ontem em uma operação conjunta entre a Polícia Civil de Braço do Norte e de Tubarão. Ela flagrada quando tentava entrar com drogas no Presídio Regional. As 76 gramas de maconha estavam escondidas em rolos de papel higiênico. Esta é a quarta vez, em dois anos, que entorpecentes são encontrados em meio a produtos levados por familiares aos presos.
Na primeira vez, em agosto de 2007, a droga foi usada para rechear pacotes de bolacha. A segunda estava em meio a laranjas e, na terceira tentativa, dentro de sabonetes.

“A investigação de Braço do Norte recebeu uma denúncia de drogas que seriam entregues no presídio por uma mulher, em um táxi. Fizemos o acompanhamento do caso e detivemos três pessoas em flagrante. Duas foram liberadas e a jovem presa por tráfico agravado. Já identificamos os presos que receberiam a encomenda e eles também prestarão depoimento”, explica o delegado Marcos Ghizoni, da Central de Investigações Criminais (NIC) de Tubarão.

Em depoimento, a jovem alegou que não sabia da droga. “Ela disse que uma pessoa pediu que levasse a encomenda ao presídio, já que ela iria levar alguns produtos a um outro familiar. Todo o procedimento foi filmado e será anexado ao inquérito”, adianta Ghizoni. A mulher foi encaminhada ao presídio.