Laguna

Um mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um jovem de 26 anos foi cumprido pela Polícia Civil de Laguna no fim da tarde desta segunda-feira, pela equipe da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Cidade Juliana. O suspeito foi condenado a nove anos de reclusão em regime fechado pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e receptação.

Os fatos são referentes às investigações conduzidas pelos agentes desta Divisão em conjunto com a Polícia Militar, que desarticularam um grupo de traficantes da localidade conhecida “Alagamar”, na região da Vila Vitória, onde foram detidos três indivíduos.

O homem estava em liberdade devido a um Habeas Corpus, enquanto seus colegas não tiveram a mesma sorte. Os demais também foram condenados, mas a 12 anos de reclusão em regime fechado, acrescentado ao crime de posse ilegal de arma de fogo. Ele é um dos suspeitos de praticar o homicídio de Filipe dos Santos Rocha, 16, no último dia 6 de maio (data a qual o corpo da vítima foi encontrado na Praia do GI, na Terra de Anita.

As investigações contaram com o apoio da população, a qual repassou informações fundamentais para o deslinde do caso.  Os agentes da DIC pretendem reduzir os mandados de prisão que constam em aberto. Somente neste ano foram cumpridos 85 temporárias, preventivas, condenatórias e regressão de regime, 13 referentes a homicídios neste ano e  três ao último homicídio de 2015, bem como o cumprimento de três por busca e apreensão de adolescentes autores de assassinatos.