Maycon Vianna
Imaruí

A noite de quarta-feira na localidade de Canguiri de Fora, em Imaruí, foi de tiros, correria e confronto em um bar localizados na Estrada Geral de Canguiri. O proprietário de outro bar entrou embriagado no estabelecimento do concorrente, que estava lotado, por volta das 23 horas, e efetuou vários tiros. Quatro pessoas foram baleadas, entre elas três menores. Rodrigo Bernardo de Jesus, 14 anos, Felipe de Jesus de Oliveira, 12, Fernando Flaviano Matias de Melo, 17, e o proprietário do local, Flávio Matias Melo, 40, foram encaminhados pela equipe do Corpo de Bombeiros de Imbituba ao Hospital São Camilo.

O acusado de cometer a tentativa de homicídio, de 45 anos, após atirar nas vítimas, saiu do local a pé e, segundo testemunhas, escondeu-se em um matagal. Ele continua foragido. De acordo com a polícia, o homem já tinha uma desavença antiga com Flávio. O atirador é conhecido da localidade por envolver-se em outras brigas com os moradores da rua.

A perícia técnica da Polícia Civil de Imaruí analisa o caso. Os peritos suspeitam que a arma utilizada no crime foi um revólver calibre 38. Os investigadores procuram o acusado e ainda não se sabe o seu paradeiro.

Das quatro vítimas, apenas Fernando Flaviano continua internado, em observação, fora de perigo. A direção do hospital confirma que os outros três envolvidos receberam alta do hospital às 23h40min de quarta-feira. Eles foram atingidos de raspão, fizeram curativos e estão em repouso em casa.

O último crime registrado em Imaruí ocorreu no dia 20 de dezembro, quando Horácio de Oliveira Silva foi morto com dois tiros por um jovem de 17 anos, após uma briga por uma dívida, na localidade de Rio Prainha.