Maycon Vianna
Imaruí

O homem de 45 anos acusado de atirar em quatro pessoas que estavam em um bar na Estrada Geral de Canguiri de Fora, em Imaruí, apresentou-se ontem, por volta das 15 horas, à Polícia Civil. Segundo testemunhas, o proprietário de um bar entrou embriagado no estabelecimento de um concorrente, que estava lotado, por volta das 23 horas do último dia 31, e efetuou vários tiros.

Quatro pessoas foram baleadas, entre elas três menores. Rodrigo Bernardo de Jesus, 14 anos, Felipe de Jesus de Oliveira, 12, Fernando Flaviano Matias de Melo, 17, e o proprietário do local, Flávio Matias Melo, 40, foram encaminhados pela equipe do Corpo de Bombeiros de Imbituba ao Hospital São Camilo. Três deles receberam alta por volta das 23h40min do mesmo dia. Apenas o jovem Fernando Flaviano ficou internado em observação e foi liberado no dia seguinte.

O acusado de cometer a tentativa de homicídio, após atirar nas vítimas, saiu do local a pé e, segundo populares, escondeu-se em um matagal. Ele estava foragido há quatro dias. De acordo com a polícia, ela tinha desavenças antiga com moradores da rua.

A perícia técnica da Polícia Civil de Imaruí analisa o caso. Os peritos acreditam que a arma utilizada no crime foi um revólver calibre 38.

O atirador compareceu à delegacia acompanhado do seu advogado e prestou depoimento ao delegado de plantão. Ele está preso no local e aguarda decisão judicial para saber se irá para o presídio. Ele pode ser indiciado criminalmente por tentativa de homicídio.