Tubarão

Um detento que estava sob guarda da Polícia Militar no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) tentou fugir ontem à tarde. O recluso estava no Presídio Regional de Tubarão e passou mal no último dia 11, quando foi internado.

Ele estava no hospital para a realização de uma cirurgia na região abdominal. Antes de entrar para a sala cirúrgica, o detento afirmou que precisava ir ao banheiro. Foi desalgemado e acompanhado por um PM que fazia a sua guarda. O policial escutou ruídos dentro do banheiro e, quando foi verificar, flagrou o detento tentando fugir pela janela. O homem foi algemado novamente.
A direção da unidade criminal foi informada da ação. O judiciário também ficou ciente.

Mesmo dizendo que ainda estava com vontade de urinar, ele foi levado à sala de cirurgia e reencaminhado ao quarto. O fujão recupera-se bem.
“Ficamos surpresos com a ação do presidiário. Não podem ficar agentes penitenciários em hospitais e clínicas. A Polícia Militar fica responsável pela segurança nestes locais e, o agente fez um ótimo trabalho e evitou esta fuga inusitada”, avalia o diretor do presídio, Deiveison Querino Batista.

Dois detentos permanecem nas ruas após evasão do Presídio Regional de Tubarão. Ramulfo Souza e Pâmela Simplício deixaram a unidade prisional em junho deste ano e dezembro de 2008, respectivamente.