Após manifestações favoráveis do Ministério Público Federal (MPF), da Polícia Federal (PF) e da PM, a juíza substituta da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Caroline Figueiredo, pode autorizar hoje (13) a transferência do ex-presidente Michel Temer (MDB) – atualmente preso na sede da PF em São Paulo – para a unidade do Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar de SP.

 

O emedebista cumpre prisão preventiva no âmbito da Operação Descontaminação, braço da Lava Jato no Rio. Os pareceres das autoridades concordam com pedido da defesa do ex-presidente, que requereu a ele uma Sala de Estado Maior. 

Na sexta-feira, a Polícia Federal já havia pedido à juíza federal substituta da 7ª Vara Criminal, Caroline Vieira Figueiredo, autorização para transferir Temer. “Desta forma, solicitamos autorização de Vossa Excelência para a transferência imediata do preso para a sala de Estado Maior localizada no Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar do Estado de São Paulo”, afirmou o delegado da PF em São Paulo, Luiz Roberto Ungaretti Godoy.