#PraCegoVer Na foto, uma viatura policial
- Foto ilustrativa | Divulgação

Uma guarnição efetuava rondas pela Estrada Geral do Rio Glória, nesta quinta-feira (21) à tarde, na tentativa de localizar as pessoas que roubaram, pela manhã, duas armas de fogo de uma propriedade rural, um revólver calibre .357 e uma espingarda calibre 12. Um veículo idêntico ao que teria sido utilizado pelos ladrões dos armamentos foi avistado e a guarnição fez a abordagem. No caro estavam dois homens. Eles transportavam vários sacos com vidros de conserva vazios e uma caixa de mandioca. Ocorre que um outro produtor rural da região acionou a PM, também pela manhã, para relatar que pés de aipim tinham sido levados de sua plantação. Os dois homens confessaram que tinham furtado o alimento. Perguntados sobre as armas, eles negaram o crime e autorizaram que os policiais revistassem suas casas.

Na residência do motorista, um outro homem explicou que eles estavam pegando a mandioca e vendendo por R$ 10,00 o pacote. Na geladeira havia mais nove pacotes de aipim pronto para a venda. Já na casa do passageiro foi encontrada uma sacola com diversas embalagens de aipim prontos para o comércio. Ficou constatado que eles não eram os suspeitos pelo roubo das armas. Mesmo com a confissão, o produtor de onde os alimentos foram levados não quis representar contra os autores e eles foram liberados. O veículo estava irregular. O motorista foi notificado e o carro removido ao pátio do 35º Batalhão de Polícia Militar em Braço do Norte.

Fonte: 35º Batalhão de Polícia Militar em Braço do Norte
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul