#PraCegoVer Na foto, o símbolo da Polícia Civil de Santa Catarina
- Foto ilustrativa

Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) cumpriram um mandado de busca e apreensão e de prisão, em Criciúma, contra um motorista de caminhão, suspeito de envolvimento no crime de roubo de carga. Conforme a investigação, na noite do dia 15 de fevereiro deste ano, o homem registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Imbituba na qualidade de vítima. Ele narrou que no dia anterior foi surpreendido em Tijucas por assaltantes. Deles estavam em um carro de passeio, o fizeram parar o caminhão e roubaram a carga de pisos cerâmicos, avaliada em R$ 148.581,11. O carregamento foi feito em Tijucas, com destino ao município de Sinop, no Mato Grosso.

Na ocasião, o motorista declarou ainda que ficou em cárcere privado por cerca de 24 horas, sendo apenas liberado na noite do dia seguinte na BR-101, em Imbituba, e que fora transportado até o local pelos mesmos criminosos. Através de investigações, foram verificadas várias incongruências no relato da vítima, onde, através de provas técnicas, constatou-se que o motorista criou um “falso roubo”. Ficou constatado que o homem, na verdade, teve participação ativa no crime de roubo da carga. Após representações formuladas pela Polícia Civil ao Poder Judiciário, obteve-se a expedição de mandado de busca e apreensão, assim como mandado de prisão contra o motorista, os quais foram cumpridos na manhã desta terça-feira (29) por policiais civis. O acusado também foi autuado pelo delito de falsa comunicação de crime.

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul