O suspeito de matar a menina Heloá Pereira, 11 anos, a facadas e esconder o corpo dentro de uma fossa nos fundos da casa da família da vítima, no bairro Vila Eraldino, na zona rural de Piedade (SP), foi preso pela polícia nesta sexta-feira (14), em Tapiraí (SP).

Policiais militares que estavam em patrulhamento pela estrada que liga a cidade a Pilar do Sul (SP) viram o rapaz caminhando pelo acostamento por volta de 12h20. Ao perceber a aproximação da viatura, ele tentou fugir pulando uma cerca, mas foi alcançado e reconhecido pela equipe. Na delegacia, ele confessou o crime.

A Justiça havia decretado a prisão temporária de Elivelton Santos Furtado, de 22 anos, no dia 21 de dezembro do ano passado. O suspeito é vizinho da família de Heloá e desapareceu na manhã do dia 20. Segundo a polícia, ele ajudou os moradores nas buscas pela menina.

A mãe do suspeito acompanhou a polícia na procura pelo filho e chegou a dizer que quer que a justiça seja feita, caso ele seja o autor. Segundo ela, no dia do crime, Elivelton estava bastante nervoso, limpou o quarto e queimou objetos no quintal.

Em janeiro deste ano, familiares e amigos se organizaram em grupos para procurar pelo suspeito. Uma força-tarefa das polícias Civil e Militar, da Guarda Municipal e de voluntários também foi realizada na cidade atrás de pistas de Elivelton.

Segundo a Polícia Civil, o caso será registrado como captura de procurado em Tapiraí e seguirá para Piedade, por onde corre o inquérito policial.