A Agência de Inteligência do 5º Batalhão de Polícia Militar (5BPM) de Tubarão tomou conhecimento de que um homem, já conhecido no meio policial por integrar a facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC) e o recorrente envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e na região, tinha um mandado de prisão ativo. Uma guarnição foi deslocada para averiguar se o encontrava na localidade da Área Verde, no bairro Passagem, onde ele residia.

O criminoso não apenas foi localizado, como também flagrado com drogas. Quando os policiais militares chegaram e anunciaram o cumprimento do mandado de prisão, viram que em um balcão na garagem onde ele estava havia algumas porções de maconha. Dentro do móvel havia mais maconha e cocaína embaladas para a venda, um torrão maior de maconha que provavelmente seria porcionado para ser comercializado e uma balança de precisão. 

Na revista pessoal, a quantia de R$ 1.470,00 foi encontrada com o indivíduo. Como já havia quantidade suficiente para o prender também por tráfico de drogas, os policiais realizaram uma busca nos outros cômodos da residência. Dentro de um pote foi encontrado mais 27 porções de cocaína embaladas para a venda, uma segunda balança digital e uma folha de contabilidade relacionada ao tráfico de entorpecentes.

Além do cumprimento do mandado, os policiais também deram voz de prisão pelo crime de tráfico de drogas ao suspeito. Ele, as drogas, o dinheiro e os apetrechos utilizados para embalar as substâncias foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Tubarão. O acusado foi encaminhado para o Presídio Regional, onde permanecerá a disposição da Justiça.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul