Corpo do GM Marcelo foi recolhido pelo IGP.
Corpo do GM Marcelo foi recolhido pelo IGP.

Priscila Loch
Tubarão

Sete pessoas foram presas agora à tarde acusadas de envolvimento no assassinato do guarda municipal Marcelo Goulart Silva, 33 anos. Quatro delas tiveram participação direta no assalto à Relojoaria Oriente, no Beco do Simão.

A polícia prendeu os acusados em duas casas no Beco do Quilinho, no bairro Morrotes, onde foram encontradas as joias roubadas da relojoaria e cinco armas. Todos prestam depoimento na Central de Operações Policiais (COP).

Marcelo foi baleado por volta das 16 horas de hoje, na rua Lauro Müller (beira rio), quase atrás da antiga rodoviária, e morreu logo em seguida, antes mesmo da chegada do socorro.