Santa Catarina é o estado com o maior número de flagrantes de embriaguez nas rodovias federais do Brasil, diz Polícia Rodoviária Federal (PRF). De janeiro até o dia 17 de dezembro de 2019, a PRF flagrou 10.327 motoristas dirigindo sob efeito de álcool. No mesmo período em 2018 foram flagrados 4.618 motoristas dirigindo sob efeito de álcool em Santa Catarina. Um aumento de 123% Dados do Ministério da Saúde (2019), apontam que diariamente cerca de 300 mil pessoas dirigem sob efeito de bebida alcoólica no Brasil. 

O chefe da Comunicação da PRF em Santa Catarina, Luiz Graziano, diz que os dados mostram  a fiscalização aqui é contínua no nosso Estado e que os catarinenses bebem tanto quanto os motoristas de outros estados. 

A PRF em Santa Catarina tomou uma decisão de priorizar a fiscalização de alcoolemia como uma forma de reduzir acidentes graves. Por isso, estamos em primeiro lugar no Brasil em flagrantes de embriaguez”, explica.

De acordo com um levantamento feito pela PRF, as infrações crescem no período das festas de final de ano. Na última quinzena de dezembro de 2018, 592 motoristas foram autuados, contabilizando mais de 42 flagrantes por dia.

Na tentativa de reduzir as estatísticas, a PRF atua com a Operação Integrada Rodovida, maior ação do ano de enfrentamento à violência no trânsito. Ela abrange as festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, e tem como objetivo integrar órgãos públicos federais, estaduais e municipais com o objetivo de reduzir os índices de violência no trânsito.

A operação, que vai até 1º de março de 2020, envolve cinco ministérios (Justiça e Segurança Pública; Infraestrutura; Saúde; Educação; e Mulher, Família e Direitos Humanos), polícias estaduais, guardas municipais e outros órgãos ligados à área de de trânsito.