A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) registrou em outubro de 2020 o menor índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) desde 2008, com o início da série mensal. Nesse último mês, 42 crimes foram registrados, ficando abaixo de setembro, que já havia apresentado o melhor índice até então, de 44.

Os chamados CVLI correspondem ao homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio, feminicídio e morte por intervenção do agente do Estado. Até abril de 2020 os números médios variavam entre 60 e 80 casos, contudo a partir do mês de maio, os índices de CVLI apresentaram quedas significativas, chegando aos meses de setembro e outubro de 2020 com os menores índices históricos.

Os chamados CVLI correspondem ao homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio, feminicídio e morte por intervenção do agente do Estado. Até abril de 2020 os números médios variavam entre 60 e 80 casos, contudo a partir do mês de maio, os índices de CVLI apresentaram quedas significativas, chegando aos meses de setembro e outubro de 2020 com os menores índices históricos.

Segundo o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, o resultado é fruto das mudanças de protocolos, integração dos serviços de segurança e inteligência, aliado ao trabalho motivado dos policiais militares. “O compromisso da polícia militar sempre será proteger a sociedade catarinense e nosso trabalho será focado na intervenção com a integração dos sistemas de segurança, inteligência artificial e de inteligência. É dessa maneira que buscamos sempre melhorar a qualidade de vida da população catarinense, não esquecendo de melhorar as condições de trabalho do nosso policial”, finalizou o comandante.

 

Fonte: Polícia Militar de SC

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul