Um crime de perturbação do trabalho ou sossego alheios foi registrado na localidade de Morro Grande, Sangão. A Policia Militar foi acionada via Central Regional de Emergência para atender a solicitação por volta das 10h30 deste domingo (3).

No local foi constatado o som alto, oriundo do um aparelho e caixa de som. A guarnição deu ordem de desligar o som para cessar a perturbação, porém um homem, de 30 anos, que estava no local, não quis acatar a ordem para desligar.

Por conta do desacato, o homem foi informado de que o aparelho de som seria apreendido pela infração penal. Mais uma vez ele disse que não iriam levar o som. Então o homem foi informado de que se não obedecer à ordem, seria dado voz de prisão e, mesmo assim, não acatou.

Por ficar cada vez mais alterado, foi dada voz de prisão por desobediência e resistência. Em ato contínuo, sua esposa de 26 anos, também discutiu e se colocou entre o infrator e o policial com intuito de impedir sua detenção. Neste momento o provedor da desordem aproveitou a confusão para fugir do local.

O proprietário se identificou mais tarde como responsável pela residência e assumiu a culpa pela perturbação do trabalho ou sossego alheios, além da posse dos aparelhos. O homem se comprometeu a responder em juízo. Diante dos fatos foi registrado o boletim de ocorrência e o aparelho de som foi apreendido.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul