Criciúma

Seis horas por terra trocada por uma e vinte e cinco minutos voando. O tempo economizado pelo SAER (Serviço Aeropolicial da Polícia Civil) salvou mais uma vida neste domingo (21).

Novamente o Serviço foi parceiro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A aeronave transferiu um adolescente de 13 anos com grave insuficiência renal para Joinville, no Norte do Estado.

Na semana passada, o Saer já havia transferido uma adolescente de 15 anos para Jaraguá do Sul. A garota precisava de um transplante de fígado.