Na tarde desta segunda-feira (14), servidores da Receita Federal (RF) interceptaram uma passageira com destino à Guiné. Em sua bagagem, foram localizados 2,55 quilos de cocaína, confirmados em teste específico.

A passageira foi identificada como alvo pelo serviço de inteligência da RF e foi interceptada pelos servidores do órgão antes do embarque. Com o auxílio do cão de faro Falcon, a droga foi identificada, mesmo estando dentro de pacotes de café, cujo intuito é disfarçar o odor da droga e enganar o cão farejador.

A Receita Federal afirma que ao atuar em suas atribuições de controle aduaneiro, mostra, mais uma vez, seu importante papel no combate a crimes diversos, como o tráfico internacional de drogas.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: RF