Alguns banhistas se arriscam ao pular da ponte do Camacho
Alguns banhistas se arriscam ao pular da ponte do Camacho

 

Mirna Graciela
Tubarão
 
O Corpo de Bombeiros de Tubarão faz um alerta às pessoas que costumam banhar-se em lagoas, rios e cachoeiras da região. Somente este ano, foram registrados quatro óbitos por afogamentos. “Desses, três ocorreram em lagoas. Um na Esplanada, outro na lagoa da Ibiraquera, em Imbituba, e o terceiro, mais recente, na lagoa Barreiro, em Capivari de Baixo, na última terça-feira”, relata o tenente Rafael Fortunato Camilo. 
 
Ele explica que o efetivo é reduzido e não tem condições de atuar em todos os lugares, por isso,  a orientação é que os banhistas frequentem locais onde existam guarda-vidas, tanto em praias, como em lagoas. “Dessa forma, grande parte dos afogamentos ocorre em lagoas e rios, onde não existe guarnição”, alerta. 
 
A única lagoa da região que conta com guarda-vidas é a do Arroio Corrente, em Jaguaruna, considerada a mais perigosa. Como forma de prevenção, nos outros locais, incluindo rios e cachoeiras, foram colocadas placas de orientação, com dicas de segurança. Ainda segundo o tenente, na temporada de verão 2010, houve um registro de dez óbitos, sete deles em lagoas, rios e cachoeiras, nos quatro municípios de abrangência do Corpo de Bombeiros de Tubarão, que compreende Jaguaruna, Laguna, Imbituba e Garopaba.
 
Banhistas pulam da ponte do Camacho
A lagoa do Camacho é outra que oferece perigo. Muitos jovens costumam jogar-se na água da ponte que faz divisa dos municípios de Jaguaruna e Laguna. “Geralmente, pulam de cabeça e ainda sobem nas barras de proteção para ganhar mais altura”, lamenta o tenente Rafael Fortunato Camilo. Em alguns pontos, a lagoa tem dois metros e meio de profundidade, mas em outros é mais rasa, o que aumenta o risco de acidentes. 
No último domingo, houve um afogamento no local. Eduardo Francisco Floriano, 25 anos, foi retirado inconsciente da água e reanimado por outros banhistas, antes da ambulância chegar. Ele estava nas margens da lagoa e apresentava muita palidez e corpo frio, segundo relato de sua noiva.