Imbituba

A investigação sobre os furtos ocorridos em Imbituba – no Bradesco e em um estabelecimento comercial – é realizada pela Polícia Civil, que acredita na relação entre os dois crimes. Há fortes indícios que se trata da mesma quadrilha.
As imagens do sistema de segurança foram analisadas na segunda-feira à tarde, e comprovam esta tese. Neste dia, por volta das 10h50min, dois homens entraram no Bradesco, no centro da cidade.

Um deles distraiu o atendente dos caixas eletrônico e o outro levou um malote com R$ 27,6 mil. O dinheiro seria utilizado para abastecer os equipamentos. A suspeita é de que a dupla vigiava a agência há dias, pois tinha conhecimento do procedimento dos bancários

O outro alvo dos bandidos foi a Malhas Ferju, no bairro Nova Brasília, há cerca de um mês e não há dois dias, como divulgado ontem. O modo de agir foi igual.
A diferença é que eram três bandidos e não uma dupla, como no banco. Enquanto dois conversavam com os funcionários dos caixas, um terceiro entrou em uma parte reservada da loja e levou o malote com R$ 10 mil.