Vários objetos furtados estavam na residência do receptador, inclusive alguns ainda dentro do carro usado para transportá-los.
Vários objetos furtados estavam na residência do receptador, inclusive alguns ainda dentro do carro usado para transportá-los.

Tubarão

Em cumprimento a um mandado de busca e apreensão, expedido pela comarca de Armazém, um homem de 44 anos foi preso em flagrante por receptação, ontem de manhã, no bairro São João, em Tubarão. E ele também responderá inquérito por furto.

O receptador foi conduzido à Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Tubarão, onde foram feitos os procedimentos legais, e encaminhado ao Presídio Regional. Na residência dele, foram encontradas várias mercadorias roubadas, como tacógrafos, lonas e pneus de caminhões, compressores de ar, furadeiras, aparelhos eletrônicos, entre outras.

Desde o início do ano, os policiais civis investigam diversos furtos ocorridos na região de Braço do Norte, principalmente nos municípios de Armazém, São Martinho, Grão-Pará e Rio Fortuna. Os bandidos agem em propriedades rurais e no comércio. Após troca de informações entre os delegados destes municípios, com o apoio da DIC, o veículo utilizado para o transporte dos produtos roubados foi localizado, um Fiat Palio Weekend preto, que estava em posse do receptador.

Ele encomendava os objetos desejados com os ladrões, que praticavam os delitos na região de Braço do Norte e usavam o carro para transportá-los a cidade azul. Ao todo, foram recuperados 48 objetos furtados, a maioria da cidade de Armazém. As investigações foram feitas pelos delegados Marcelo Bittencourt (Armazém), Leonardo Valente e Francisco Ribeiro (Braço do Norte) e Adriano Almeida (DIC Tubarão).

Operação conjunta ajuda a elucidar crimes

Os trabalhos dos policiais civis prosseguem, pois existe uma grande quadrilha que age na região e várias pessoas são investigadas por furto e receptação. Para o delegado Francisco Ribeiro Soares, de Braço do Norte, a parceria da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Tubarão tem sido muito importante. “A DIC abrande todas as comarcas da região de Tubarão e tem prestado este apoio às cidades. Quando o crime é relacionado a uma rede de criminosos que atuam em vários municípios, e atinge mais de uma comarca, isto torna-se ainda mais necessário”, enfatiza o delegado.