Imbituba/Garopaba

Policiais civis de Garopaba e Imbituba, coordenados pelo delegado Luiz Carlos Cardozo Jeremias Filho, cumpriram dois mandados de prisão temporária em Imbituba, em continuidade à operação policial que teve início no último fim de semana e que desarticulou uma quadrilha de arrombadores que agia na região. Uma mulher de 36 anos e o seu companheiro de 31 foram detidos.

Eles residiam no bairro Vila Nova. Na quinta e sexta-feira passada, a ‘quadrilha do frete’, como ficou conhecida, começou a ser desmantelada. Foi a maior apreensão de produtos furtados na história das comarcas de Imbituba e Garopaba. Foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão simultâneos nas cidades da região.
Com a prisão dos acusados ontem, sobe para seis pessoas o número de pessoas detidas. São três casais. Todos os receptadores já foram identificados e indiciados por Jeremias.

Ontem à noite, com a adição de mais detalhes no inquérito e após a apresentação dos últimos depoimentos e apreensões entregues em juízo, foi decretada a prisão preventiva de toda a quadrilha. Os seis estão encarcerados na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Imbituba e aguardam por julgamento.

O caso ficou conhecido como quadrilha do frete porque os bandidos faziam uma verdadeira limpa na casa das vítimas. Várias geladeiras, fogões, micro-ondas, ventiladores, botijões de gás, cadeiras, bolsas de cimento, bicicleta e outros pequenos objetos já foram recuperados.