Um grupo de seis especialistas em furtos de caixas eletrônicos foram presos em flagrante pela Polícia Civil do Rio Janeiro, na última sexta-feira (29) em Duque de Caxias. Os “caixeiros de Joinville”, foram abordados pelos policiais quando estavam arrombando um estabelecimento, contudo o caixa não chegou a ser aberto.

De acordo com a Polícia Civil, que já vinha monitorando o grupo, o bando usava materiais para não fazer barulho, como barras de solda à prova d’água e uma furadeira manual. Ao Metrópoles, o delegado da 7ª Delegacia de Polícia do RJ, Fabrício Costa, confirmou que os suspeitos utilizavam equipamentos de ponta.

“Eles são tão especializados que apreendemos 24 lanças térmicas, uma ferramenta de uso industrial que alcança a temperatura de 4 milº C e serve para cortar estruturas metálicas rígidas. Temos informações ainda que eles atuavam em estados do país inteiro”, informou.

O delegado também afirmou que o grupo agiu em São Paulo e se aliou a traficantes de uma facção para realizar os furtos. O dinheiro furtado seria dividido entre os criminosos de Joinville e os do Itaboraí. Entre os oito presos, dois são foragidos da Justiça de Santa Catarina e respondem ação penal pela prática de crimes contra o patrimônio.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Sulinfoco