A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Imbituba, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem, investigado por roubo (assalto) e corrupção de menores, no bairro Campestre, e que já havia sido preso no ano passado pelos mesmos crimes. Ele também é investigado por violência doméstica.

Segundo o delegado Juliano Baesso, além da prisão preventiva, o Judiciário deferiu medidas protetivas em favor da companheira do homem, determinando o afastamento dele da residência e a proibição de aproximação e de manter qualquer contato com ela.

Em 2019, o homem envolveu, junto a ele, um adolescente em um assalto, sendo preso em flagrante. À época, o Judiciário aplicou medidas cautelares, entre elas o monitoramento eletrônico, mas o autor descumpriu, inclusive rompendo a tornozeleira eletrônica.

Ameaças

As medidas foram necessárias porque após o cometimento dos crimes, o acusado ainda praticou ameaça no âmbito da violência doméstica, contra a esposa.