Rafael Andrade
Sombrio

Menos de 18 horas depois de fugir do Presídio Regional de Tubarão, o detento Samuel Alves Pedro, 26 anos, foi recapturado. Ele estava com quase R$ 1 mil em dinheiro e um celular de última geração, acompanhado duas prostitutas, em um bordel no bairro Furnas, em Sombrio.

O rapaz foi condenado a pena de 13 anos de reclusão em regime fechado. Ele já cumpriu cinco anos e estava prestes a receber progressão de regime para o semiaberto. Agora, perderá o benefício e ainda poderá ganhar mais alguns meses de condenação pelo ato indisciplinar.

A Polícia Militar de Sombrio chegou até o homem após ser alertada de que havia um foragido na região e de que ele se ‘divertia’ em um prostíbulo. O jovem não resistiu à prisão e foi encaminhado à Delegacia de Sombrio. Foi interrogado e voltou para o presídio ontem à noite.

Samuel conseguiu a liberdade de algumas horas após fazer um buraco de cerca de 60 centímetros de diâmetro entre a sua cela – onde estava com mais 16 presidiários e a cozinha da unidade carcerária. Ele caminhou lentamente para o setor do alojamento, onde retirou algumas telhas e saiu pela lateral do presídio.

Um ferro de suporte para hélice de ventilador caseiro e um pedaço de alumínio de porta de geladeira foram utilizados para cavar o buraco na parede de alvenaria. O material foi encontrado poucos minutos depois pelos agentes de plantão. O prejuízo deixado por Samuel já foi consertado. Foi foi a quinta fuga registrada no presídio tubaronense este ano.