O prefeito de Ribeirão Bonito (SP), Francisco José Campaner (PSDB), conhecido como Chiquinho Campaner, foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (26), segundo informações obtidas pela EPTV, afiliada da TV Globo. Outras duas pessoas foram baleadas.

O crime aconteceu em uma estrada de terra na zona rural do município. A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidos.

Campaner, de 57 anos, estava em um carro acompanhado do chefe de gabinete, Edmo Gonçalo Marchetti, e do amigo Ary Santa Rosa, que também foram baleados.

O prefeito morreu no local. Os feridos foram socorridos para a Santa Casa de São Carlos e o estado de saúde deles é estável, segundo asssessoria do hospital.Equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar estão no local.

Trajetória

Natural de Ribeirão Bonito, Chiquinho Campaner foi vereador da cidade em mandatos iniciados em 1982, 1989, 2001 e 2005, sendo presidente da Câmara em 1983, 2005 e 2006.

Na eleição de 2012, concorreu ao cargo de prefeito, mas ficou em terceiro lugar. Se filiou ao PSDB em 2015 e foi eleito chefe do Executivo em 2016, com 3.132 votos (47,96%).

Em setembro deste ano, a Justiça arquivou uma ação civil pública por acusação de improbidade administrativa, pelo possível uso de dinheiro público para propaganda pessoal em uma revista de circulação regional. A Câmara já havia rejeitado o pedido de cassação do prefeito.

Campaner estudou direito na antiga Faculdades Integradas de São Carlos (Fadisc). Ele era solteiro e não tinha filhos.