Rafael Andrade
Tubarão

“Tubarão está a um ‘fio’ de registrar o 12º homicídio este ano”, lamenta o major Giovani Livramento, comandante da 2ª Companhia do 5º Batalhão da PM da Cidade Azul. Refere-se à tentativa de homicídio registrada ontem, no início da tarde, no bairro Morrotes. Um menino de 11 anos tentou matar Vinícius João dos Santos, 20.

A vítima foi baleada em sua casa pelo menino, que portava um revólver calibre 38. O projétil atingiu o braço direito e ficou alojado no osso. Socorristas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestaram o primeiro atendimento. Vinicius foi submetido a uma cirurgia para a retirada da bala.

Um adolescente ainda não identificado também estava junto, armado, com outro revólver calibre 38, mas não atirou. O menino acusado já foi identificado pela polícia e deve ser apreendido a qualquer momento. Investigadores da Delegacia da Criança, do Adolescente, de Proteção à Mulher e ao Idoso e da Central de Operações Policiais (COP) trabalham no caso. A tentativa de homicídio ocorreu em uma das entradas do Beco do Quilinho.

A comunidade está apreensiva e assustada com o aumento da criminalidade. A Polícia Militar chegou ao local menos de cinco minutos após o crime e tem muitas dificuldades em coletar informações e realizar as diligências que possam encontrar os acusados. A Polícia Civil ainda não sabe o motivo que a criança tinha para tentar matar Vinicius, que continua internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição.