A ação dos criminosos durou cerca de 40 minutos  -  Foto:Polícia Civil de Capivari de Baixo/Notisul
A ação dos criminosos durou cerca de 40 minutos - Foto:Polícia Civil de Capivari de Baixo/Notisul

 

Capivari de Baixo
 
A atitude de clientes que testemunharam a ação de dois bandidos que arrombavam um caixa eletrônico do Banco do Brasil, no domingo de manhã, em Capivari de Baixo, deixa a polícia em total desconforto. Um deles entrou na agência e os assaltantes ofereceram dinheiro para ele deixar o local. O homem aceitou e foi embora. 
 
As imagens mostram que os criminosos conversaram com o homem, pegaram um pouco do dinheiro roubado – RS 140,00 – e pediram que ele saísse. Antes disto, outras pessoas também presenciaram o crime. Uma, inclusive, entrou e saiu assustado do banco. Mas ninguém avisou a polícia. 
 
“Esta atitude não é comum, de alguém aceitar suborno. Em meus 22 anos de polícia é primeira vez que isso ocorre”, admite o chefe do setor de investigações criminais (SIC) da delegacia do município, Márcio de Souza. Cerca de 40 minutos depois, o homem de 46 anos que aceitou o suborno procurou a Polícia Militar. Ele devolveu o dinheiro e foi conduzido à delegacia. 
 
“Até é aceitável a defesa dele. Como vítima, ficou sem saber o que fazer, entrou em pânico, pegou o dinheiro e saiu”, considera Márcio. Mas, segundo o policial, após ele sair, os criminosos ainda ficaram 15 minutos dentro da agência, tempo suficiente para prendê-los.
 
“Se algum deles tivesse nos comunicado imediatamente, teria dado tempo de prender os bandidos. O povo está em clima de terror, é mais fácil fugir e omitir”, lamenta o policial.
 
“A denúncia é a arma do cidadão”
O artigo 144 da Constituição diz que a segurança pública é dever do estado, direito e responsabilidade de todos. Para o chefe do setor de investigações criminais (SIC) da delegacia de Capivari de Baixo, Márcio de Souza, a comunidade precisa colaborar mais com o trabalho da polícia. Para ele, a denúncia é a arma do cidadão.
 
“Vemos muitos casos, por exemplo, em que os criminosos estão roubando uma casa, os vizinhos veem e não se importam. Ninguém quer se envolver, mas basta ligar para o 190, a denúncia é anônima. Amanhã, o crime pode ser contra esta pessoa que não avisou”, conscientiza Márcio. 
 
Ainda não se sabe o valor levado pela dupla no arrombamento do caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil, em Capivari de Baixo, no domingo. Eles usaram um maçarico e ficaram no local por aproximadamente meia hora. A ação foi testemunhada por alguns clientes, que não avisaram a polícia. 
 
Conforme as imagens das câmeras de segurança, um cliente entrou sozinho e logo saiu assustado. Depois, outro entrou na agência e os assaltantes ofereceram dinheiro, para ele deixar o local. Mais tarde, um homem com farda do Exército apareceu, também teve proposta de suborno, mas não aceitou e foi até a delegacia de polícia denunciar.