Rafael Andrade
Tubarão

“Passa a grana aí, isso é um assalto!”. Esta desagradável frase não era dita em Tubarão há quase uma semana, mas ontem, em dois locais diferentes, em menos de três horas, os ladrões voltaram a agir. A Lotérica Humaitá, na avenida Patrício Lima, bairro Humaitá, e o Auto Posto Ducão, na rua Severiano Albino Corrêa, bairro Fábio Silva, foram alvos de quatro criminosos.

O assalto na lotérica ocorreu às 12h15min. Um bandido de capacete desceu de uma CG Titan verde, onde era caroneiro, e anunciou o assalto. Ele levou o dinheiro de todos os caixas e, na saída, ainda roubou R$ 180,00 de um cliente que estava na fila para pagar boletos de água e luz.
O valor levado da lotérica não foi informado pelo dono. É o segundo assalto no local nos últimos quatro meses.

No Posto Ducão, outra dupla armada com um revólver calibre 38 em uma motocicleta preta invadiu a loja de conveniências, por volta das 15h25min. Todo o dinheiro do caixa foi levado. Um funcionário tentou esconder-se no escritório, mas foi abordado e teve que dar ao ladrão o dinheiro que tinha na carteira. A ação durou cerca de 30 segundos.

Menos de cinco minutos depois, os assaltantes abandonaram a moto (uma CG Fan preta de Laguna) próximo à Unisul e tentaram esconder-se em um matagal no bairro Morrotes. Um dos ladrões, de 24 anos, foi preso e encaminhado à Central de Polícia. O outro conseguiu fugir. O dinheiro não tinha sido recuperado até a noite de ontem. A arma do crime também está desaparecida.
“Montamos o cerco e conseguimos prender o bandido. As características das filmagens do posto batiam com a sua roupa. Vamos continuar as buscas aos outros”, garante um tenente da PM, Josias Machado.