As equipes do GRAC, Grupo de Ações Coordenadas de Tubarão, decidiu neste fim de madrugada de quinta-feira (5) por interditar a ponte Manoel Alves dos Santos, a ponte do Morrotes, por medida de segurança. A correnteza do Rio Tubarão acabou por deixar à deriva a balsa de uma empresa extratora de areia, que normalmente fica ancorada próxima à estrutura, e a mesma chocou-se contra a ponte, o que acabou por danificar um pedaço do corrimão. A balsa, em princípio, ficou presa embaixo da estrutura. Não há prazo para a liberação da ponte.

 

Rio Tubarão

A régua de medição do nível do Rio Tubarão localizada na altura da ponte Orlando Francalacci, conhecida como ponte do Exército, chegou a 7 metros na consulta realizada às 5 horas da madrugada desta quinta-feira (5).

Na região central da cidade, por sua vez, neste mesmo horário, a medição da Plantar Agronomia, que serve de referência, estava estacionada nos 5,62 metros, porém com horário de atualização às 01:26, em virtude da falta de energia registrada em grande parte da cidade, cerca de 17 mil unidades consumidoras, e que durou cerca de duas horas. Segundo informações preliminares, dois transformadores teriam estouraram, o que teria ocasionado o apagão.

Desta feita, o Rio Tubarão segue merecendo atenção das autoridades e da população, pois o risco de transbordamento em áreas centrais da cidade ainda não cessou por completo. No entanto, a vazão apresenta boa velocidade neste fim de madrugada, com a correnteza do rio forte. Seguem o monitoramento, e a atenção, portanto.

 

Desalojados

Sobre os desalojados, a Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, como local mais recente a abrir as portas para servir de abrigo, já conta com cerca de 50 pessoas. Este é agora o local preferencial para abrigar a quem necessitar, uma vez que possui 300 vagas no total. Da mesma forma, o Salão Paroquial da Igreja do bairro Morrotes também possui vagas disponíveis.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Pref. Tubarão