José era presidente do Clube Juventude e atuante na comunidade.
José era presidente do Clube Juventude e atuante na comunidade.

 

Karen Novochadlo
Laguna
 
Ontem, às 8 horas, foi encontrado o corpo de um policial civil, assassinado em sua própria casa, no Km 37, em Laguna. José Maria Mendonça, 46 anos, foi morto com um revólver calibre 32. 
 
O corpo foi encontrado pelo cunhado de José. O policial não atendia as ligações da esposa, que  estava na praia desde sábado. Como ele era diabético, ela pediu ajuda ao irmão para verificar se o marido não havia tido um colapso.
 
O policial foi encontrado de bruços, deitado em um colchão da sala, com a televisão ligada. Quando o cunhado moveu o corpo, percebeu o sangue e chamou a polícia.
 
De sua residência, foram levados um celular, um telefone com identificador de chamadas, uma pistola ponto 40 e R$ 30 mil. O dinheiro seria utilizado para a compra de um carro para a filha. 
 
Os vizinhos não ouviram os disparos. José recebeu uma pessoa às 16h30min de sábado, e depois das 19 horas não atendeu mais as ligações. A polícia calcula que o homicídio tenha ocorrido neste intervalo.  
 
As investigações são feitas pelo Centro de Operações da Polícia em Laguna, coordenadas pelo delegado Rubens Thomé. “Nós trabalhamos com a hipótese de latrocínio, mas não podemos e nem devemos descartar outras possibilidades”, afirma o delegado. Rubens conheceu o colega durante algumas investigações. “Ele era um bom policial e atuante nas investigações”, elogia. 
 
José deixou a esposa e três filhos. Ele havia se tornado avô recentemente. O seu corpo é velado no clube Juventude, do qual era presidente, e será sepultado às 9 horas de hoje, no Cemitério de Laranjeiras.
 
 
Possível arma do crime já foi encontrada
Ontem, um pescador encontrou uma sacola com duas armas, um celular e uma base de telefone boiando na água atrás do Mercado Público de Laguna. Tratam-se de um revólver calibre 32 e uma pistola ponto 40. O delegado responsável pelas investigações, Rubens Thomé acredita que o revólver tenha utilizado no crime. No tambor, constavam cinco balas, quatro foram deflagradas e uma estava intacta.