Por volta da 1h55min deste sábado (26) um casal foi até o 5º Batalhão da Polícia Militar de Tubarão gritando por socorro. Do carro, uma mulher saiu correndo com uma criança de dois  anos nos braços. A menina encontrava-se em alto grau de engasgamento. Na guarda estava o sargento Márcio Cardoso Xavier. Imediatamente ele pegou a criança e iniciou a manobra de heimlich.

O aspirante a oficial Edson da Silva Júnior, que naquele momento saía do serviço, ouviu os gritos de socorro da mulher e também correu para ajudar. Ele e o sargento se revesaram na manobra até que a pequena, enfim, chorou. A sargento Gisele Aparecida Monteiro e a cabo Débora, que chegavam no quartel para assumir serviço na Central Regional de Emergência (CRE), prestaram auxílio para conduzir, com urgência, o aspirante Júnior, a menina e os pais para o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

Um fato semelhante ocorreu no início deste ano, em Capivari de Baixo. No dia 6 de janeiro a cabo Karina e o soldado Fernandes salvaram um bebê de apenas um mês de vida. A mãe telefonou desesperada pedindo socorro e os policiais militares estavam na radiopatrulha fazendo rondas próximos ao bairro Alvorada, onde o incidente ocorreu.

O que fazer em casos de engasgamento?
Segundo a Polícia Militar, as ocorrências envolvendo crianças engasgadas são comuns e é importante que os pais ou responsáveis aprendam a fazer o procedimento para uma eventual urgência. Quem passar por esse tipo de situação, primeiramente deve tentar manter a calma. O próximo passo é colocar a criança de bruços sobre o antebraço, com o braço levemente abaixado.

Depois é preciso dar tapinhas nas costas do bebê para auxiliar que aquilo que esteja o engasgando, saia. Ainda que a manobra auxilie, a orientação da PM é para que os pais ou responsáveis não deixem de chamar a emergência, pois mesmo que a criança desengasgue, é bom que seja avaliada por um médico. A ajuda pode ser chamada na Polícia Militar, pelo 190, ou no Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul