A Polícia Militar de Laguna trabalhou no caso com o auxílio das guarnições de Imbituba e Tubarão
A Polícia Militar de Laguna trabalhou no caso com o auxílio das guarnições de Imbituba e Tubarão

 

Mirna Graciela
Laguna
 
Oito jovens foram presos ontem de manhã pela Polícia Civil acusados de assaltar o sítio da desembargadora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina Salete Sommariva, na localidade de Nova Fazenda, às margens da BR-101, em Laguna. Eles invadiram a residência na madrugada de ontem, armados e encapuzados, e mantiveram a família como refém durante cerca de duas horas. 
 
O delegado da Polícia Civil de Laguna, Rubem Thomé, informa que os bandidos agrediram as cinco pessoas que estavam na casa. Foram momentos de grande tensão. O genro da desembargadora foi atacado com coronhadas, pontapés e foi ameaçado de morte com uma furadeira. Precisou ser levado ao hospital com diversos ferimentos. “Até crack fumaram lá dentro e fizeram tudo o que desejaram em uma completa arruaça e desordem”, revela o delegado. 
 
Catorze pessoas foram detidas suspeitas de terem ligações com o crime. Seis delas foram liberadas depois de prestar depoimento. 
 
A fuga
Para fugir, os criminosos roubaram os dois veículos que estavam na garagem do sítio, um Toyota Corolla e um Citroen C4 Pallas. A Polícia Militar de Laguna empreendeu um cerco policial com o auxílio das guarnições de Imbituba e Tubarão, e surpreenderam os assaltantes na Praia do Sol, quando encontraram o Corolla com dois deles. Houve troca de tiros, o veículo capotou e um dos adolescentes foi atingido por um tiro na perna. 
Na sequência, policiais militares de Laguna localizaram o Citroen, abandonado na Praia do Gi. Através das investigações, com a ajuda de um helicóptero, a Polícia Civil conseguiu localizar o paradeiro dos bandidos, em uma residência no bairro Casqueiro. 
 
Recuperação dos furtos
Além de pertences pessoais das vítimas, foram recuperados a quantia de R$ 559,00, dois notebooks, um estojo com joias, dois aparelhos de celular, DVD, entre outros objetos. Também foram apreendidos com os assaltantes um revólver calibre 38 e dez munições. 
Dos oito presos, seis são menores, com idades entre 15 e 17 anos, e os outros dois têm 20 e 23 anos. Todos os menores já possuíam várias passagens na polícia por tráfico de drogas. Eles foram conduzidos à Central de Polícia de Laguna e devem ser encaminhados para um Centro de Internação Provisória.