Tubarão

A Polícia Civil concluiu o inquérito que apurava o assassinato de Ramon Kindermann Correa, de 36 anos, em outubro do ano passado, em Tubarão. Ele foi morto dentro de casa, no bairro Revoredo, alvejado com cinco tiros.

Segundo a Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Tubarão, o suspeito, de 20 anos, tem vínculo com uma organização criminosa que atua na cidade de Laguna e possui extensa ficha de antecedentes criminais. O crime teria sido motivado por ciúmes que autor tinha de sua namorada que trabalhava na casa da vítima. 

Foi expedido mandado de prisão preventiva. O suspeito já se encontrava preso em razão de outros crimes.

Leia mais

Jovem é assassinado dentro de casa, no bairro Revoredo

Jovem que morreu baleado é velado na capela da Funerária Santa Albertina