A Polícia Civil de Santa Catarina desencadeou nesta sexta-feira, 10, a Operação Feliz Mano Novo, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. A ação foi realizada para coibir uma organização criminosa gaúcha que começou a atuar no Sul catarinense com tráfico de drogas, roubos e homicídios.

Foram cumpridos 18 mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça e uma pessoa foi presa em flagrante, totalizando 19 presos. Além disso, dois suspeitos tiveram prisão decretada, mas ainda não foram localizados.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Luis Otávio Pohlmann, também foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão. Arma, drogas (cocaína e crack) e dinheiro foram apreendidos. As ações aconteceram nos municípios catarinenses de Sombrio, Balneário Gaivota, Santa Rosa do Sul e Araranguá, além de Torres, Osório, Montenegro e Santa Maria, no estado vizinho.

A operação mobilizou 100 policiais, sendo 60 policiais civis catarinenses e 20 gaúchos e 20 policiais militares de Santa Catarina. Também foram empregados 20 viaturas policiais, o Serviço Aeropolicial (SAER) e o Canil da Polícia Militar.