Polícia Civil de Tubarão indicia mulher por falsa comunicação de crime

De acordo com a polícia, a mulher registrou um boletim de ocorrência por "sequestro relâmpago",  que teria acontecido na Centro da cidade, mas mentiu para justificar um saque bancário.

A Polícia Civil de Tubarão esclareceu falso roubo registrado no dia 3 de setembro e indiciou uma mulher por falsa comunicação de crime.

De acordo com a polícia, a mulher registrou um boletim de ocorrência por “sequestro relâmpago”,  que teria acontecido na Centro da cidade. Após a instauração do inquérito a Polícia Civil entendeu que na verdade seria um crime de roubo circunstanciado pela restrição da liberdade e não um extorsão na modalidade “sequestro relâmpago” como registrado no boletim.

Iniciadas as investigações, percebeu-se que a versão apresentada pela vítima não possuía respaldo na realidade e, após a oitiva de uma testemunha e a realização de inúmeras diligências no local do fato, apurou-se que o roubo não havia ocorrido e que a suposta vítima teria comunicado falsamente o crime para justificar um saque em sua conta.

Conforme a polícia, a mulher acabou confessando o fato, e foi indiciada pela prática em tese do crime de falsa comunicação de crime.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul