Paulinho Sachetti
Laguna

As ocorrências de perturbação de sossego alheio foram as principais reclamações e atendimentos da Polícia Militar de Laguna. No total, foram 151 chamados. O balanço foi divulgado ontem e o coronel Eduardo Mendes Vieira admite que foi um dos melhores Carnavais já realizados na cidade em termos de segurança.

“Não tivemos nada de anormal para uma cidade que recebe milhares de turistas, de várias partes do Brasil e do mundo. Durante os cinco dias de festa, tivemos apenas uma ocorrência de tentativa de estupro e homicídio, casos mais graves. Ano passado, foram 25 registros de brigas. Este ano, tivemos uma redução para nove. Realmente ficamos satisfeitos com os números”, enfatizou o comandante.

Para ele, uma das principais atribuições para a redução dos índices foi o reforço no efetivo. “Tivemos 90 policiais por dia em várias áreas. O apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi importante, assim como a cavalaria da PM de Florianópolis e a guarda municipal local”, afirmou.

Durante todos os dias de festa, a PM, com pelo menos seis viaturas e mais de 30 homens, determinava que os automóveis particulares desligassem o som para que os foliões pudessem descansar. “Isso sempre faremos: tentar proporcionar segurança e tranqüilidade à população”, encerrou.