Trabalhadores coordenados pelo Dnit atuam na recolocação das placas em pontos estratégicos da BR-101 -  Foto:Dnit/Divulgação/Notisul
Trabalhadores coordenados pelo Dnit atuam na recolocação das placas em pontos estratégicos da BR-101 - Foto:Dnit/Divulgação/Notisul

Tubarão

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por meio da Superintendência Regional de Santa Catarina, dá sequência, nesta semana, aos trabalhos de conserto e substituição das placas, painéis, pórticos e semipórticos danificados na BR-101 Sul, devido ao vendaval da semana passada.

O evento climático registrado no litoral e extremo Sul catarinense deixou placas de sinalização rodoviária danificadas e alguns galhos sobre acostamentos e vias laterais da BR-101, entre Laguna e Passo de Torres. O fenômeno meteorológico foi registrado no meio da tarde de domingo passado, dia 16, com maior intensidade nas cidades de Tubarão e Capivari de Baixo, por onde a rodovia federal corta os perímetros urbanos.

Trecho mais danificado – O trecho entre o quilômetro 310, em Laguna, ao 345, em Tubarão, apresenta a maior quantidade de sinalização vertical danificada pelo vento. Árvores foram quebradas e ganhos caíram em três pontos, sem apresentar riscos aos motoristas ou interrupção do fluxo de veículos.

No quilômetro 323 (Pescaria Brava), 330 (limite entre Capivari de Baixo e Tubarão) e quilômetro 376, a vegetação arbórea acabou sendo afetada, quebrada e se aproximou do pavimento. No trecho entre o 380, em Içara, até a divisa com o estado do Rio Grande do Sul, no quilômetro 465, a empresa contratada pelo Dnit para trabalhos de conservação e melhorias na BR-101 Sul não encontrou pontos com árvores caídas sobre as pistas. A sinalização vertical, a princípio, não sofreu danos proporcionais.

A autarquia passou a semana passada trabalhando para a remoção de galhos, árvores e outros objetos, que possam trazer riscos aos usuários em trânsito. Nessa segunda-feira, dia 24, os trabalhos continuam para restabelecer a sinalização danificada, em vias laterais e pistas da BR-101 na travessia urbana de Tubarão.