Wagner da Silva
Braço do Norte

Um assaltante e uma vítima ficaram feridos após um assalto na madrugada de ontem, por volta da 1h30min, em Braço do Norte. Os criminosos foram perseguidos e houve troca de tiros com a Polícia Militar. Dois turistas alemães saíam de um bar no bairro Vila Nova, quando dois homens armados e encapuzados, em uma moto Yamaha Fazer, placa de Criciúma, anunciaram o assalto. Os dois assaltantes pediram dinheiro, mas um dos turistas, assustado, sem entender o que falavam, saiu correndo. Um dos criminosos atirou três vezes contra ele, e um dos disparou atingiu o seu joelho. Após os disparos, a dupla fugiu em direção ao centro da cidade.

Populares acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Os PMs tentaram abordar os assaltantes, mas eles reagiram. Os criminosos seguiram pela avenida Felipe Schmitd e, ao chegarem ao trevo, pegaram a SC-438 em direção a São Ludgero.
A perseguição só terminou quando o condutor da moto perdeu o controle e colidiu em uma cerca. Houve uma nova troca de tiros, mas os dois assaltantes conseguiram fugir ao se embrenharem em um matagal. Um dos homens não se importou com o frio, atravessou o Rio Braço do Norte, e seguiu em direção à empresa Incoplast.

Dez guarnições de toda a região, inclusive o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Tubarão e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Gravatal, foram acionadas para auxiliar nas buscas. Mais de seis horas após o assalto, os policiais localizaram um dos assaltantes. Ele tentou fugir, mas foi detido. O jovem, 24 anos, natural de Lauro Müller, apresentava diversas escoriações. Ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, em Braço do Norte, e em seguida ao Presídio Regional de Tubarão.
Pouco depois da prisão, os policiais encontraram dois revólveres, calibres 32 e 38, um celular e R$ 230,00, às margens do Rio Braço do Norte. As buscas seguiram durante o dia, mas o segundo assaltante não foi localizado.

Mulher pode estar envolvida
no assalto aos turistas

Com a prisão de um dos suspeitos de assaltar dois turistas alemães, na saída de um bar, em Braço do Norte, a Polícia Militar investiga o envolvimento de uma mulher no crime. Ela teria reconhecido os turistas e acionado os assaltantes. A versão não foi confirmada no depoimento do preso.

A Polícia Militar (PM) acredita ainda que o segundo assaltante esteja ferido e poderá procurar auxílio médico, em hospitais, unidades de saúde ou clínicas da região. O comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar em Braço do Norte, tenente-coronel Silvio Ricardo Alves, não descarta a possibilidade da dupla estar envolvida em um furto realizado recentemente em um posto de combustíveis em Orleans.