Tubarão

Uma mulher de 26 anos foi vítima de uma tentativa de estupro ontem, à 1h30min, na rua Wenceslau Braz, Vila Moema, em Tubarão. A jovem retornava a pé do bairro Oficinas, onde mora o namorado.
Ela seguiu pela avenida Marcolino Martins Cabral, a mais movimentada da cidade, sem muitas preocupações. “Mas quando entrei na rua do fórum fiquei assustada. Um Gol prata aproximou-se a poucos metros após eu sair da avenida. O motorista parou o carro e pediu para eu entrar. Percebi que ele estava encapuzado e fiquei paralisada”, relata a vítima.

O homem desceu do carro muito nervoso. Ela negava insistentemente que entraria no Gol. “Ele saiu do carro gritando comigo, portava um facão e começou a me ameaçar de morte. Fiquei em estado de choque. Minhas pernas ficaram travadas. Queria correr e não conseguia. Comecei a gritar e pedir por socorro. Ele ficou mais nervoso ainda. Tentou me agarrar para colocar à força no automóvel. Por um milagre, consegui ‘destravar’ as pernas e correr”, lembra a jovem.

Ela chegou em casa poucos minutos depois. O criminoso, assustado com os gritos, fugiu sem deixar muitas pistas. “Eu estava muito assustada, sozinha, apavorada, mas consegui memorizar os quatro números da placa, menos as letras”, lamenta.
Ela registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Criança, do Adolescente e de Proteção à Mulher e ao Idoso. O caso será investigado pela delegada Vivian Tártari.