Amanda Menger
Gravatal

Por pouco a tragédia não teria sido completa para a dona de casa Rosinelde Honofre Nogueira, de 43 anos, de Gravatal. A residência foi totalmente destruída por um incêndio, ontem à tarde. Isso porque a neta de dois anos dormia em um dos quartos quando o fogo começou. A avó estava no pátio e só conseguiu salvar a menina porque percebeu a fumaça que saía da residência.

A casa fica em frente ao posto da Polícia Rodoviária Militar Estadual, em Gravatal. Os policiais que estavam de plantão foram os primeiros a chegar ao local e tentar apagar o fogo. Como a residência era de madeira, as chamas consumiram rapidamente todos os pertences da família e, quando o Corpo de Bombeiros de Tubarão chegou, não havia mais nada a fazer.

Rosinelde mora com as duas filhas, uma de 12 e outra de 21 anos e a neta. Segundo informações dos bombeiros, há alguns dias foi registrado um princípio de incêndio causado por um curto circuito na fiação elétrica. O fogo foi contido e o problema solucionado por um vizinho. Contudo, um novo curto é a causa mais provável deste incêndio.