Foto: Bombeiros de Santa Catarina

Além dos danos materiais causados pela passagem do ciclone extratropical, nesta terça-feira em Santa Catarina, 7 pessoas morreram e 1 está desaparecida. De acordo com o Bombeiros, todas as regiões foram afetadas, os principais registros foram de queda de árvore e destelhamento.

As mortes foram registradas foram 1 em Chapecó,  1 em Amaro da Imperatriz, 3 em Tijucas, 1 em Governador Celso Ramos e 1 em Ilhota. A pessoa desaparecida é de Tijucas.

Na região de Tubarão, as chuvas e ventos fortes atingiram as cidades a partir das 15h35min. Foram registradas ocorrências em incêndio em residência,  quedas de árvores sobre rede elétrica, veículos, vias e residência.

Na região de Criciúma foram ocorrências envolvendo queda de poste de TV na subida do morro Mina Brasil, queda de postes de energia. Queda de árvore também em Siderópolis. Idosa sozinha em residência em Treviso solicitando apoio por medo de vendaval estar derrubando árvores em sítio.

A quarta-feira segue com alerta para rajadas de ventos acima dos 100 km/h em SC. Mas ao longo do dia o ciclone extratropical se afasta do Litoral em direção ao alto mar e os ventos diminuem. Não há previsão de chuva em quase todas as regiões, só chuvisco isolado no Planalto Sul.