Maycon Vianna
Tubarão

O delegado da Polícia Civil de Armazém, Geovani Lima Floriano, ouviu na noite de quarta-feira, por volta das 23h30min, o depoimento de Antônio Marcos dos Santos Oliveira, 23 anos, que matou o seu próprio pai, Antonio Prates de Oliveira, 59, com socos e pontapés.

Uma testemunha que estava no local do crime afirma que Antônio Marcos utilizou duas pedras e atirou na nuca contra o pai após uma ríspida briga. Porém, durante o depoimento, o rapaz negou que tenha usado qualquer objeto para matar o pai e ainda afirmou que não teve a intenção de matá-lo. Ele disse que acreditava que Antonio Prates de Oliveira estava apenas desacordado, não morto.

A Polícia Militar de Tubarão auxiliou na busca do assassino, que foi encontrado na casa de um amigo na localidade de Várzea das Canoas, em Gravatal.
Logo após prestar depoimento, na delegacia de Armazém, o rapaz foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão. Ele responderá criminalmente por homicídio.