#ParaTodosVerem Na foto, dois policiais militares inspecionam um carro que bateu contra um poste de energia elétrica
A colisão foi bastante violenta. O poste quebrou em dois ligares e ficou caído sobre o carro, com os fios elétricos espalhados pelo chão. Para não ser preso, o homem fugiu e deixou os filhos, um menino de dois anos e uma menina de cinco, dentro do veículo - Foto: PM de Jaraguá do Sul | Divulgação

O juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Jaraguá do Sul atendeu ao pedido da 4ª Promotoria de Justiça e converteu a prisão em flagrante em preventiva do pai que abandonou os filhos no carro após um acidente em Jaraguá do Sul, na noite desta quarta-feira (8). Alcoolizado, Jacks Anderson Strelow Pommerening colidiu contra um poste de energia elétrica e, para não ser pego, saiu correndo e se escondeu dentro de uma vala em uma plantação de arroz, a cerca de 200 metros do local do incidente. A batida foi bastante violenta. O poste quebrou em dois lugares e ficou caído sobre o veículo, com fios elétricos espalhados pelo chão. Os dois filhos dele estavam no veículo: um menino de dois anos com um ferimento na cabeça e uma menina de cinco anos. O acidente ocorreu por volta das 18h20min desta quarta-feira (8), no bairro Vila Chartres, em Jaraguá do Sul.

Policiais militares que estavam indo participar de uma formatura do Proerd passavam pelo local e se depararam com o poste quebrado e caído sobre o carro e populares acudindo as duas crianças. Os Bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul foram acionados e encaminharam os menores para atendimento médico no Pronto-Atendimento Infantil Hospital Jaraguá. A testemunhas indicaram para onde o homem havia fugido e também auxiliaram nas buscas. Ele acabou sendo encontrado a cerca de 200 metros da rua, escondido dentro da vala. Foi feito teste do bafômetro, que apontou 0,83 miligramas de álcool por litro de ar, o que configurou o crime de trânsito. No carro, também foram encontrados três cigarros de maconha. O condutor foi preso em flagrante e encaminhado para a Central Regional de Plantão Policial de Jaraguá do Sul. Segundo o promotor de justiça Marcelo José Zattar Cota, o pedido de prisão preventiva foi solicitado para garantir a ordem pública, pois o motorista é reincidente em crimes de trânsito.

Fonte: Ministério Público de Santa Catarina
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul