Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar resultou na prisão de suspeitos de um roubo a uma transportadora em Tubarão. O flagrante de um indivíduo por tráfico de drogas e outro por falsidade ideológica. Também foram apreendidas duas armas de fogo, A ação ocorreu na manhã desta sexta-feira (20).

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, vinha investigando um roubo ocorrido no dia 26 de abril de 2022, por volta das 22h, em um transportadora situada no bairro Vila Esperança. Durante o roubo os autores, empunhando armas de fogo, ameaçaram funcionários que ali estava e subtraíram um cofre, uma motocicleta e outros objetos.

As investigações apontaram a identificação de pelo três indivíduos, os quais possuíam extensa ficha policial. Importante registrar a importante troca de informações entre a Polícia Civil e a Polícia Militar.

Um inquérito policial foi instaurado e, após a colheita de robusto conjunto probatório, o Delegado de Polícia que preside as investigações representou pela prisão temporária dos três indivíduos e de quatro mandados de busca e apreensão, pedido que foram deferidos pelo Juízo da 2º Vara Criminal de Tubarão. De posse dos mandados, deflagrou-se um operação conjunta visando o cumprimento das ordens judiciais.

Durante as buscas, que ocorreram nas cidade de Tubarão e Criciúma, foram apreendidos três veículos automotores que foram utilizados durante o assalto, duas armas de fogo, peças que haviam sido subtraídas durante o assalto, droga e dinheiro. Um suspeito foi preso temporariamente pelo assalto e em flagrante pela posse irregular de arma de fogo, um outro indivíduo foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

Um terceiro indivíduo que estava em uma das casas alvo das buscas, ao ser questionado pelos policiais, se passou por seu irmão e inclusive assinou o mandado de busca e apreensão, porém os policiais acabaram por descobrir a sua verdadeira identidade e verificaram que ele estava com mandado de prisão em aberto, a par do mandado, ele foi preso em flagrante por falsidade ideológica.

Após os procedimentos de polícia judiciária, os suspeitos foram conduzidos ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul