#PraCegoVer Na foto, o brasão das polícias Civil e Militar de Santa Catarina
- Foto ilustrativa | Divulgação

Moradores da comunidade do Araçá, no bairro Paes Leme, em Imbituba, acordaram com o helicóptero do Serviço Aéreo da Polícia Civil (Saer) sobrevoando a localidade. Em terra, um imenso contingente de agentes da Polícia Civil e Militar avançavam pelas ruas para cumprir quatro mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. As ordens judiciais integram a terceira fase da Operação Ferrovia, que tem como objetivo desarticular uma organização criminosa estruturada para a aquisição, transporte e venda de drogas na cidade e municípios vizinhos. A investigação iniciou em janeiro deste ano, quando um quilo de cocaína foi apreendido na cidade. Posteriormente houve a prisão do fornecedor e agenciador e, já dentro da Operação Ferrovia, o cumprimento de mandados contra os vendedores finais.

Em fevereiro, após intenso trabalho de inteligência, as Polícias Civil e Militar de Imbituba abordaram um veículo cujos ocupantes foram contratados para fazer o transporte de cerca de um quilo de cocaína. Os dois ocupantes do carro foram presos em flagrante. Em continuidade às investigações, a Polícia Civil empreendeu diligências investigativas sigilosas que apontaram precisamente quem teria efetuado a contratação do transporte do entorpecente. Apurou-se que o autor supostamente participava de organização criminosa dedicada ao comércio ilícito de drogas. O grupo atua em Santa Catarina e executa o esquema a partir da contratação de terceiros para efetuar o transporte da droga e de adolescentes para realizar a venda do produto.

Após a prisão do agenciador, o Setor de Investigações e Capturas da Delegacia de Polícia de Imbituba desencadeou uma série de diligências que apontaram outras pessoas envolvidas na venda final da droga, cujos mandados de prisão, deferidos pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público, foram cumpridos nesta manhã. Nos endereços, os agentes apreenderam drogas, dinheiro e uma arma falsa. Além dos investigados na Operação Ferrovia, os policiais prenderam, em flagrante, outros dois indivíduos igualmente pelo crime de tráfico de drogas. Eles estavam em locais próximos onde os mandados foram cumpridos e, após serem abordados, o crime foi constatado.

Os envolvidos são investigados por participação em organização criminosa majorada, associação para o tráfico com a participação de adolescente e tráfico ilícito de drogas. O inquérito policial está em fase final e será entregue ao Poder Judiciário no prazo legal. O cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos por agentes das Delegacias de Polícia Civil de Imbituba, Laguna, Garopaba, Imaruí, Pescaria Brava, Tubarão, Braço do Norte, Criciúma e Palhoça, com apoio da Radiopatrulha, Agência de Inteligência, Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 34º Batalhão de Polícia Militar em Imbituba (34BPM), Guarnição Reforçada da 2ª Companhia da PM em Garopaba (GR/2CIA/34BPM) e Canil do 5º Batalhão de PM em Tubarão (5BPM).

Fonte: Polícia Civil de Imbituba e 34º Batalhão de Polícia Militar em Imbituba
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul