Maycon Vianna
Tubarão

Quatro guarnições, 16 policiais, um furgão do policiamento de bairro e mais o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT). A Polícia Militar armou todo este efetivo para mais uma operação ‘Fecha Quarteirão’, que iniciou na noite de ontem e deve encerrar por volta das 8 horas de domingo. “Esta ocupação da PM tem um cunho preventivo. O principal objetivo é evitar o tráfico de drogas e circular pela área para combater a criminalidade”, detalha o major Giovani Livramento, do 5º Batalhão da PM de Tubarão.

Todos os soldados envolvidos na operação participaram de uma preleção. A palestra de orientação foi ministrada pelo major Livramento. As ruas e os becos da localidade da Área Verde, no bairro Passagem, foram mostradas aos policiais, assim como as fotos dos principais acusados de envolvimento no tráfico de drogas da localidade. “Em um primeiro momento, ainda no quartel, sempre orientamos os policiais de como agirem durante a ação. É um momento de suma importância. É onde traçamos as estratégias”, destaca o major.

A Área Verde é considerada o local mais problemático de Tubarão com relação a tráfico de drogas. “Os criminosos utilizam crianças e mulheres como laranjas e olheiros para avisar quando a polícia chega no local. Para isso, tentaremos abordar este tipo de agente”, constata.
O índice de usuários/traficantes tem aumentado consideravelmente. Geralmente, algumas pessoas são pegas com pequena quantidade de crack, o que não constitui tráfico. Na delegacia, por exemplo, respondem um termo circunstanciado e são liberados.