Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

Imbituba

A Polícia Civil de Imbituba, com apoio da DIC/Laguna, DPmu de Pescaria Brava, DPCO de Garopaba e da Polícia Militar de Imbituba, deflagrou, na manhã de ontem, uma operação visando o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão e três de internação provisória de adolescentes.

Os mandados foram cumpridos nos bairros Aguada, Divineia, Nova Brasília e Lagoa do Quintino. Os três adolescentes são integrantes de facção criminosa que age na região realizando tráfico de drogas, homicídios e outros crimes. A operação de foi um desdobramento da Operação Bravo Zulu, deflagrada em 16 de março, ocasião em que foram presos os principais líderes da mesma facção. Após meses de investigações, constatou-se que mesmo após a prisão dos líderes, os adolescentes aliciados continuaram a cometer atos ilegais e envolvidos com o tráfico de drogas.

Durante a ação de ontem, foram encontradas variedades de drogas, objetos utilizados na prática do tráfico, colete balístico, entre outros objetos ilegais. Além da apreensão dos três, foram lavrados procedimentos de apuração de ato infracional pelo crime de tráfico de drogas contra outros dois adolescentes. Todo o grupo foi encaminhado para internação em Centros de Internação Provisória (Casep), onde permanece à disposição da justiça.